antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

Educar para liderar - Mães que formam líderes

O ser humano precisa aprender a desenvolver suas habilidades intelectuais, sociais, morais e afetivas para conquistar o seu espaço na sociedade. Para isso, a educação passada pelas mães aos filhos deve ser feita de modo correto, facilitando o surgimento da característica de liderança na fase adulta da vida.

A mãe representa pontos cruciais na formação do ser humano: é a partir dos conceitos passados por ela que os filhos desenvolverão habilidades no trato social, familiar, psicológico e até mesmo ambiental. Atualmente, é esse o maior desafio na maternidade.

Um dos problemas encontrados para a ausência de liderança na idade adulta é o excesso de informação na infância, pois a grande oferta de respostas para as perguntas que surgem nesta fase faz com que a credibilidade das respostas vindas dos pais se perca. Também há a falta de tempo para o convívio familiar, que dificulta a relação entre pais e filhos e distancia o respeito e a cumplicidade entre os membros da família. A maior causa desse desencontro ocorre, pois nos dias de hoje, até mesmo os pequenos andam com a agenda tumultuada, cheia de compromissos!

Outra situação decorrente desta nova característica familiar é a diversidade de escolhas de uma criança, isto é, quando ela tem que escolher entre ver televisão, jogar vídeo game, brincar com os amigos, etc. A variedade de opções faz com que a confiança em fazer a melhor escolha na fase adulta seja mais complicada.

A educação não se recebe só na escola, mas principalmente em casa. E é esta, sem dúvida, a melhor herança que os pais devem deixar aos filhos; afinal ninguém pode lhes roubar ou destruir.

Durante a chamada “primeira infância”, que são os três primeiros anos de vida de uma pessoa, é importante que os pais formem a base do que os filhos serão no futuro. Nesta fase, a mãe tem um papel fundamental, pois a mulher ainda é a principal responsável pela educação dos filhos, e, portanto, uma grande contribuidora no desenvolvimento da autoestima e da autoconfiança (fatores mais importantes para a formação de lideres).

Com tantos ruídos encontrados para garantir uma boa educação, a harmonia da casa, o bom relacionamento dos pais e a satisfação própria da mulher devem caminhar juntos para o sucesso da criança. É necessário também que a criança conheça a história da família, os valores e o respeito que devem ter pelos pais, já que esses são os principais pilares para uma personalidade de caráter e honestidade.

Além de todos esses problemas e soluções citados, vale lembrar que a educação que deve ser passada pelas mães se torna mais importante e árdua quando elas são obrigadas a criar sozinhas os seus filhos, já que muitas vezes eles são “órfãos de pais vivos”. Nesse caso, o papel materno tem sua importância triplicada, porque ela [mãe] precisa desempenhar o papel do pai e dela mesma. O líder pacifista indiano Gandhi dizia que “a verdadeira educação consiste em pôr a descoberto o melhor de uma pessoa”. Para isso é preciso saber a mais difícil e mais bela de todas as artes, a de educar.

Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design