antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

Homens e mulheres e suas diferenças afetivas

Você concorda com o clichê: “Mulheres são de Vênus e Homens são de Marte”? Se sim, você está no caminho certo para um relacionamento saudável.

A frase vem da mitologia destacando a diferença entre as características masculinas e femininas, onde temos Marte (Áries) como o deus da guerra e Vênus (Afrodite) representando a deusa do amor. O antagonismo segue porque o homem sente a necessidade de ser o provedor, o forte, aquele que não pode chorar, um estrategista, como na guerra e, principalmente, quando deseja conquistar uma mulher. Por outro lado, a mulher, por mais que aprecie o jogo masculino, sente falta de ter ao seu lado um homem gentil, sensível e romântico, características inerentes ao amor. Essa é a mais pura natureza dos relacionamentos afetivos dos seres humanos.

Porém, com o passar do tempo, e pela necessidade que a vida impôs, o sexo feminino que antes ficava em casa cuidando dos filhos, do marido e do lar, hoje trabalha fora de casa, inclusive, algumas vezes, sendo chefe de sua repartição do trabalho. Essa situação passou a ser intrigante para o sexo masculino, fazendo com que o entrosamento humano se modificasse.

O charme deste relacionamento homem/mulher vem se perdendo com o tempo e quando o homem assume suas posturas de protetor e chefe de casa e as mulheres retomam o seu lado romântico, tudo fica equilibrado novamente. Manter as origens das características humanas é um dos principais segredos para manter um relacionamento duradouro.

Atualmente, a competição para ver quem mais se destaca no mercado profissional chegou também dentro dos lares, afastando os casais que deveriam se respeitar e admirar pelas diferenças existentes entre eles. Ao mesmo tempo em que a esposa e o marido devem ser igualados perante o trabalho, é importante que o romantismo e a delicadeza da mulher estejam acesos e que o homem sempre se mantenha em postura de fortaleza. É fato que alguns costumes como o homem andar ao lado da rua e dormir ao lado da porta ainda são mantidos pela maioria dos casais, mas há quem não se importe nem com o básico e não mantém as diferenças em nenhum ponto do relacionamento.

Portanto, uma das formas para tentar manter uma relação saudável é aprender a admirar as diferenças do seu parceiro, sempre dar um toque feminino e caloroso ao relacionamento, fugir da rotina cansativa, ter confiança um no outro, respeitar a individualidade de cada um, aceitar as opiniões contrárias, ser transparente quanto aos seus desejos e vontades, expondo de forma madura tudo o que lhe agrada ou não e, principalmente, valorizar as qualidades do seu parceiro.

Antonia Braz

Palestrante, Educadora, Especialista em Gestão de Pessoas, Psicopedagoga e Pedagoga

Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design