antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

Os desafios do trabalho em equipe

O trabalho em equipe é uma necessidade na vida moderna que exige de seus componentes bom senso e paciência. Os grupos fazem parte da vida das empresas, que cada vez mais exigem a ausência de conflitos no ambiente de trabalho, já que isso diminui a lucratividade. Esses grupos são compostos de indivíduos que trabalham em nome de objetivos comuns, e isso pressupõe que os membros do time saibam o que os outros estão fazendo e, dependendo do caso, possam até substituir o colega. Os conjuntos de colaboradores tendem a desenvolver uma meta coletiva, que vai além daquela que a organização determinou para eles: são um por todos e todos por um!

Um dos problemas enfrentados no trabalho em conjunto acontece quando os líderes ou os outros componentes precisam abdicar de ideias pessoais e seguir diretrizes que não foram criadas por eles. Outros obstáculos encontrados para obter bons resultados são a falta de confiança, excesso de conflito interpessoal, falta de comprometimento, responsabilidade e de atenção aos resultados.

Porém, quando o condutor da equipe toma atitudes corretas e consegue explorar o lado bom de cada colaborador, a produtividade aumenta e consequentemente o resultado aparece. É fato que situações como essa não se resolvem da noite para o dia, mas para que aconteçam melhoras é essencial a atenção do líder.

O ponto de partida para o líder corrigir, por exemplo, a falta de autoconfiança dos funcionários é mostrar a própria vulnerabilidade. É válido também, no caso de conflitos, deixar que as pessoas envolvidas resolvam, para que elas aprendam a lidar com situações difíceis. Se a equipe tem dificuldade em se comprometer com o trabalho, é preciso leva-la a concluir o que se propôs a realizar (sempre dentro do prazo estabelecido). Na maioria das vezes o trabalho evolui quando todos sabem o que todos estão fazendo, e ainda conseguem acompanhar a evolução do mesmo. Cabe ao chefe a tarefa de determinar a disposição que as pessoas devem ter para os afazeres e também para atingir os resultados. Contudo, a experiência de trabalhar em grupo torna-se mais rica quando passa do estágio em que busca apenas resultados financeiros e começa ter a preocupação real com o bem-estar das pessoas. O sucesso nesta forma de trabalhar depende também das competências emocionais dos funcionários. São características importantes: autoconsciência, controle emocional, intuição, empatia, comunicação eficiente e relacionamento sadio entre os membros do grupo.

A composição da equipe também é um ponto-chave do trabalho coletivo, pois quanto mais multifuncionais forem as pessoas, melhor. Todos precisam estar alinhados no que se refere ao conhecimento, caso contrário, é quase impossível manter a cooperação. É interessante perceber que quando isso não acontece, o grupo rejeita naturalmente o individuo que não está exercendo suas funções como deveria. Mas, ainda assim, é preciso levar em conta que um pouco de crítica pode melhorar o trabalho, pois os profissionais com senso crítico mais aguçado fazem com que pensamentos se abram para novas ideias.

É perceptível que o trabalho em equipe não é fácil, porém, é grandioso e possibilita complementação. Cada pessoa possui diferentes competências, desenvolturas, informações, conhecimentos, atitudes e limitações, por isso, conciliar essas diferenças para os objetivos sejam atingidos torna-se o principal papel do líder.

Antonia Braz

Palestrante, Educadora, Especialista em Gestão de Pessoas, Psicopedagoga e Pedagoga

Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design