antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

Cuidando da autoestima do seu filho

Ninguém nasce sabendo ser pai e mãe, não há uma faculdade para tal responsabilidade e nem a idade certa para se ter filhos. O que se encontra são alguns cursos de gestantes e exemplos de familiares e amigos, mas a verdade é que cada pessoa desenvolve o seu próprio método e jeito de educar da melhor maneira possível.

Um dos pontos mais delicados na educação de uma pessoa, mas que nem sempre é vista com tal importância, é a autoestima. Um conceito individual que se constrói ao longo de uma vida, é também a forma como se definem a influencia, as motivações, atitudes e comportamentos da vida, que afetam ainda o chamado Equilíbrio Emocional. A construção desses padrões começa muito cedo na vida, por exemplo, a criança quando atinge um objetivo pretendido experimenta um sentimento de realização que reforça sua autoestima.

Porém, algumas situações colocadas erroneamente podem prejudicar completamente uma pessoa. Por exemplo, quando os pais utilizam frases de conotação negativa às crianças, agregam ao subconsciente o pensamento pessimista e sentimento de fracasso. Citações simples também se tornam complexas, como: “Por que você não é igual ao seu irmão?”. Muitas vezes a intensão dos pais é que o filho tenha o irmão como um exemplo bom, mas tal frase pode ser interpretada de maneira distorcida pelo interlocutor, e pode ter o poder de massacrar a individualidade da pessoa, que se sentirá menosprezada. Ao dizerem: “Eu vou embora se você não parar com essa birra!”, os pais também danificam a autoconfiança da criança, pois ela pode ficar totalmente submissa para se sentir aceita ou se rebelar para se livrar da angustia de perder quem ama.

Durante os primeiros anos dos pequenos, tudo aquilo que passa pela cabecinha deles os deixam muito impressionados. E nesse momento, os pais tem a oportunidade de muni-los com pensamentos positivos sobre si mesmos e elogios sinceros. Dizer, sempre que possível, frases como: "Estou orgulhoso de você”, “Você é muito especial”, “Gostei da sua maneira de fazer isto", são ótimas meios de alimentar a autoestima dos filhos, sendo que, fazer com que eles acreditem nos dizeres faz parte do desafio.
Também, ao demonstrar amor e afeição, será cultivado um sentimento subconsciente de que é valioso e importante o suficiente para ser amado.

Estabelecer metas para serem atingidas e receber os cumprimentos é importante para reforçar a autoimagem como pessoa realizadora. Falar positivamente sobre a criança na presença de pessoas importantes na vida dela, como avós, professores, amigos e, nunca compará-lo com outras crianças também são atitudes corretas para mantê-las imunes de um futuro frustrante.

Uma criança com uma boa autoestima se desenvolve plenamente com alegria, não tem medo de explorar e descobrir um novo mundo conforme seu desenvolvimento. Elas também lidam melhor com a frustração, que são inevitáveis ao longo da vida. Além de serem mais criativas e terem um melhor desenvolvimento escolar, serão mais independentes por terem certeza que são amadas por seus pais.

Por isso pais, lembrem-se da importância de reforçar a construção da autoestima dos filhos e demonstrar o seu amor numa base constante, para incentivar sempre, usando palavras positivas e doses de bom senso para capacitar ainda mais os pequenos que são o futuro de amanhã.

Antonia Braz tem mais de 25 anos de experiência em Educação é Palestrante, Pedagoga, Psicopedagoga, e Especialista em Gestão Estratégica de Pessoas e Presidente da Central de Voluntários de Presidente Prudente-SP.

Veja outros artigos em : www.antoniabraz.com.br/.asp

E-mail: antoniabraz@antoniabraz.com.br

Este material pode ser reproduzido desde que citado a fonte.

Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design