antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

7 dicas para estudar pra provas e concursos com mais resultados

25/08/2015
Na hora de estudar, você pode encontrar diferentes dificuldades. Ainda mais para quem já está fora dos ambientes acadêmicos há um bom tempo. Por isso, eu separei 7 dicas para estudar para provas e concursos. Antes de ler as dicas, tenha em mente que o foco dos seus estudos está no resultado. Seja uma parte simples que você aprendeu rapidamente ou um estudo complexo que foi facilitado por essas dicas para estudar, todos os resultados são válidos e serão importantes para o seu desempenho. Então, lembre-se sempre que todos os resultados são válidos! 1 - Tome o controle dos seus estudos O primeiro ponto que você tem que ter na cabeça é que o controle dos seus estudos deve estar em suas mãos. Não são suas atividades diárias, trabalho, festas que devem determinar o seu volume de estudo, mas você. Não existe um tempo certo para você estudar. Isso vai de cada um. Você pode sentir que com 30 minutos de estudos por dia consegue muitos resultados, ou que precisa de 4 horas. O importante é perceber esse volume e tomar as rédeas da situação para controlar os estudos. 2 -Crie pequenos “nichos” dentro do estudo para lembrar A segunda das dicas para estudar pra provas e concursos é separar os temas de estudo em diferentes nichos pequenos. Ao invés de sentar para estudar gramática, por exemplo, você pode separar a gramática em diferentes nichos e dentro desses nichos criar subnichos. Esse passo faz com que você tenha mais controle dos estudos também. Ao invés de se perder recebendo muito conteúdo e ter dificuldades para fixar tudo, você pode estudar com pouco e unir esses assuntos. Com o passar do tempo, ficará cada vez mais fácil, pois construirá ligações dentro da mente. 3 - Crie mapas mentais de seus estudos Essa é uma das dicas para estudar mais famosas, mas poucas pessoas sabem realmente utilizar. Os mapas mentais são estruturas poderosas para memorização de informações. A ideia é que você vá destrinchando os temas de estudo em diferentes pequenos temas, uma proposta parecida com as do subnicho. Eu já até escrevi um artigo explicando como estudar usando mapa mental. Além da memorização, você consegue entender certas estruturas de pensamento de forma simplificada. E não precisa se assustar com o nome. O mapa mental é muito simples de se usar. A ideia é facilitar o estudo e não dificultar. 4 - Tenha um objetivo específico Você pode até dizer que tem um objetivo quando pretende passar em um concurso ou prova, mas concorda que esse é um objetivo vago? Se esta for sua meta, você provavelmente é um concurseiro profissional. Quer apenas ser aprovado em qualquer concurso, independente pra que. “Eu quero ficar entre os 10 melhores em concurso para área de administração da Petrobras”. Este é um bom exemplo de objetivo claro e específico para estudar. Quanto mais claro for o seu objetivo, mais ideia você tem do que almeja e do que precisa fazer para conquistar. 5 - Desligue o celular, computador e tudo mais Todos os gadgets e aparelhos eletrônicos são grandes sugadores de atenção e por mais que eles possam te ajudar com aplicativos de estudo, a verdade é que a maioria das pessoas não consegue se concentrar o suficiente quando estão com os aparelhos ligados. Essa pode ser uma das dicas para estudar que parecem mais simples, mas, na verdade, é extremamente importante porque, quanto mais concentrado você estiver, melhor. Muitas vezes, é preferível estudar pouco tempo se concentrando completamente do que passar horas a fio dividindo a atenção entre os estudos e os aparelhos eletrônicos. 6 - Ouça músicas, mas que você não entenda… Aposto que entre todas as dicas para estudar que listei aqui, essa foi a que você mais se espantou, mas é exatamente isso. As músicas podem ser excelentes para aumentar a concentração ou para tirar o seu foco. Por isso é importante escutar músicas em línguas que não entenda ou instrumentais. Também existem vários estudos que comprovam que pessoas que estudam ouvindo rock, música clássica e jazz conseguem entender melhor o conteúdo. Isso porque são estilos mais complexos que estimulam a atividade cerebral, mas lembre-se que, se não for instrumental, você deve escolher músicas de alguma língua que não conheça. 7 - Use seus próprios métodos Todas as dicas para estudar que listei aqui são importantes, mas você pode cair em diversos problemas se adotar uma linha de estudo que não goste. Eu citei o mapa mental, por exemplo, porque é uma das formas de estudo que maior parte das pessoas se adaptam e conseguem ter resultados. Mas, se não se adaptar a esse estilo, é melhor buscar um que se sinta melhor. Você pode encontrar dezenas de dicas para estudar para provas e concursos diferentes, mas será bem difícil se não estiverem de acordo com seu estilo pessoal. Por isso é importante conhecer muito bem você mesmo e o que deseja estudar. E, o meu papel como Coach de provas e concursos é te ajudar a chegar ao seu próprio estilo de estudo. Quais são as suas dificuldades? Como eu disse, cada pessoa tem as suas próprias dificuldades na hora de estudar para provas e concursos e as diferentes dicas para estudar só funcionarão de acordo com sua realidade e personalidade. O meu papel é te ajudar a resolver estes problemas, então deixa um comentário aqui embaixo me contando um pouco mais sobre eles que eu vou te ajudar. Comente:
Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design