antonio braz
Telefone: (18) 4101-1143 • (18) 3223-9880
Emails: contato@antoniabraz.com.br | antoniabraz@antoniabraz.com.br
Siga: palestraspalestraspalestrante Compartilhe:

Como escolher um Coach bom?

15/02/16
Como escolher um Coach bom?

O Coaching é um conjunto de ferramentas de crescimento pessoal importante. Ele é responsável por encontrar os nossos problemas, apresentar nossos pontos fortes e nos fazer crescer cada vez mais. É um processo que tem atraído a atenção de diferentes mercados. O problema é que isso também tem atraído a atenção de muitos pilantras que pensam em ganhar dinheiro fácil com quem não conhece muito bem sobre a área. Por isso, é preciso tomar algumas precauções e saber como escolher um Coach bom.

Essa triste realidade, infelizmente, está manchando o nome do Coaching. Muitas pessoas já passaram por processo ruins e generalizaram toda a profissão. Uma atitude compreensível, mas que prejudica muito a área. Para você não sofrer da mesma forma, eu vou ensinar algumas dicas para escolher o Coach ideal!

Um Coach bom!

Para saber como escolher um Coach bom, é preciso saber o que é um Coach bom. A primeira coisa que você deve entender é que o Coaching é uma escolha, não uma obrigação. Portanto, o seu Coach sempre deve deixar a escolha para você e nunca te forçar a passar pelo processo. Isso acontece muito em grandes empresas, quando alguns líderes insistem que seus funcionários passem pelo Coaching. Um bom profissional da área saberá analisar a situação e não realizar o processo com alguém que está obrigado.

Outra coisa importante é que um bom Coach sempre faz muitas perguntas e te dá feedbacks de suas ações e respostas. Mas, fique atento! O processo de Coaching deve ser motivador e nunca deve ser doloroso. O foco é apresentar possibilidades e proporcionar a sensação de realização!

Quando o Coaching acontece da maneira certa, os resultados são fantásticos e influenciam nas diferentes áreas de sua vida. É possível conquistar maior autonomia profissional, melhorar o conhecimento pessoal e aprimorar as diferentes relações interpessoais.

Um Coach ruim!

Como eu disse antes, é preciso saber como escolher um Coach bom. O mercado está sofrendo com pessoas que usam da maldade para conquistar os clientes de Coaching, mas existem algumas dicas que vão te ajudar a identificar esses picaretas e não te deixarão cair em suas armadilhas.

Esses Coaches ruins dificilmente fazem um processo de Coaching da forma como deveria ser. A verdade é que escolhem algumas poucas ferramentas de análise pessoal, utilizam-nas e logo em seguida entregam um monte de feedback para o cliente. Feedbacks que não trarão nenhum resultado prático. Isso acontece principalmente nas grandes organizações, já que entregar folhas e mais folhas com relatórios é uma excelente forma de mostrar serviço.

Outro ponto que você deve ficar atento sobre como escolher um Coach bom é com os processos de Coaching pré-formatado. Muitos estão oferecendo soluções dentro de um número de sessões. Uma grande falácia. O Coaching tem um prazo determinado de acordo com os objetivos e potencial do cliente e não dentro de um processo pensado antes mesmo de conhecer as suas necessidades. É com base nos objetivos dos clientes que criamos os prazos do Coaching.

Essa é uma das principais causas da sujeira criada em torno do Coaching. Esse tipo de processo não traz resultados porque o Coach não identificou as necessidades de seu cliente e fez processos que não estavam ligados a esta realidade.

Como escolher o Coach certo

Antes de entender como escolher um Coach bom, você precisa saber que a formação é importante, mas não é tudo. Portanto, você deve buscar profissionais que tenham boa formação, mas não se prenda apenas a este fato para fazer sua escolha.

Para contratar um Coach, você precisa pesquisar mais sobre ele e fazer muitas perguntas para entender sua forma de trabalho e identificar as características que indiquei anteriormente. Não tenha medo, um bom Coach vai tirar todas as suas dúvidas!

Um Coach bom também passa pelo processo de Coaching. Por isso, você nunca deve confiar em um profissional da área que não tenha um Coach. Não é porque ele trabalha com isso que não precisa dessas ferramentas para te ajudar. Muito pelo contrário. Uma visão externa é essencial para todas as pessoas. Um Coach que nunca teve um Coach é perigoso!

E, por último, mas não menos importante, um Coach não precisa ser especialista em uma área. Ele precisa conhecer o básico do mercado em que está atuando para que possa aplicar suas ferramentas direcionadas à realidade. Uma empresa de engenharia química, por exemplo, não precisa encontrar um Coach que entenda de todos seus processos. Ele precisa, na verdade, entender sobre o mundo corporativo e como funciona a estrutura organizacional daquela empresa para que possa aplicar suas ferramentas para aquelas pessoas!

Gostou? Então Compartilhe com seus amigos:
 
Comentários:
 
 
Últimos Artigos
News
Cadastre-se e receba informativos
VEJA UM VIDEO
 
Últimos Artigos
Palestras
Facebook
 
Siga: palestraspalestrantepalestrantes Compartilhe:
 
 

 
palestras © 2012 todos os direitos reservados
Web Design